GIRLSPT.COM - Cursores Animados
Jeh Ag.: - Carta de amor jamais entregue ...

24 de fev de 2011

- Carta de amor jamais entregue ...


- Carta de amor jamais entregue
- ooi, eu preciso te encontrar. E dizer o que eu sinto.
   Na brincadeira de dizer verdades, por vezes eu me declarei, mostrando e dizendo em cada um dos meus atos, todo o meu amor por você.
   Mas sempre estive quieta, calada, silênciada. Pelo seu amor a outra amada. Manter o que sinto em segredo, foi deveras um ato de coragem e nobreza.
   Se eu te contasse o que sinto, o que haveria com você? O que haveria com sua felicidade? Ela voaria, para tão longe e eu talvez jamais a veria novamente. Assim como nossa amizade, nosso laço se perderia, e então eu morreria por dentro.
   Falar desses sentimentos não é a coisa mais fácil, sabendo como você se sente. Dabendo o quandto sou cruel por dizer o que não devo. Porém, masi cruel, é amar você e não conseguir te esquecer. A história da garota que perdeu o coração pelo caminho e agora esta sosinha. É muito cruel. Acaba comigo.
   Até porque  há o muro entre nós, que nos impede de nos unirmos. E quando me refiro a esse muro, não falo da sua personalidade. O eu que você é. Me refiro ao que coexiste conosco e ao qual nos amamos.
   Eu sei que seria perfeito para você, se fosse como antigamente. mas ambas mudamos e cometemos diversos erros, inclusive o de amar você.Os outros dizem meias verdades que eu bem queria que fossem reais. Mas só existem nos meus sonhos.
   Nós eramos bons juntos, era comodevia ser. Peço sinais para saber o que faço. Lutar para te esquecer pu lutar por você - as duas, lutas tão sofridas e injustas. Os sinais sempre lutam para o mesmo lado. E eu até poderia seguir ese caminho, mas tenho medo de perder você no caminho.
   Quando você me esqueceu e passou a ama-la? Foi quando eu disse que te odiava? Pois era mentira. Eu não conseguiria ama-lo e odia-lo. Esses dois sentimentos não caberiam em mim, porque fariam uma guerra na confusão que sou por dentro.
   E em meio a tudo isso eu ainda tento te esquecer, mas é inutil não conseguindo ficar longe de você. Uma viciada indefesa ao veneno e com suprimento limitado. Quero tanto você, que chega a doer.
Saiba que minhas palavras foram as mais sinceras e meus atos transparentes. Só você não viu e ouviu e que fique assim. se um dia eu te contar, não sei como você vai reagir, e por isso eu mantenho em segredo, por medo, ou por ser covarde demais, ou só não duportar te perder. Me desculpe, eu não devia amar você.
                        - ( Autor Desconhecido )

Nenhum comentário:

Postar um comentário